sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Fizemos muitas coisas juntos este ano

Meu pai faleceu, de forma inesperada, aos 70 anos. Acredito que ele sentiu alguma coisa, se deitou pensando que iria melhorar e fez a passagem.

Não tenho como saber se, caso ele fosse socorrido a tempo, a sobrevida teria a qualidade que ele queria.

A dúvida que eu não tenho é que ele não queria passar pelo sofrimento de um longo tratamento e de suporte artificial a vida. Ele falava sobre isso várias vezes ao ano.

Fizemos uma grande viagem juntos aqui ele havia recebido a recomendação que na Itália provasse o vinho Nero D'Avola. Assim foi feito, em Veneza.

Depois que retornamos, percebi que tinha em casa uma garrafa de vinho, que havia comprado anos antes, também Nero D'Avola.




Eu já havia tentado abrir esta garrafa com ele algumas vezes, cheguei a fazer o sacrilégio de gelar o vinho e voltar a guardá-lo.

Este ano, muito embora ele tenha resistido bastante, abrimos e derrubamos a garrafa num jantar.

Missão cumprida a tempo.

Olhar a garrafa vazia agora já traz tristeza, imagina se ela estivesse cheia...



I've lived a life that's full
I've traveled each and every highway
But more, much more than this
I did it my way










Nenhum comentário:

Postar um comentário