Promoções Viagens

sexta-feira, 1 de março de 2024

a terceira travessia

 

    Com esta viagem conquistarei um dos meus objetivos intermediários, visitar 50 países! Foi assim que isto aconteceu: Enquanto pesquisava e organizava um roteiro comprado em 2022 surgiu uma oferta para navegar até Barcelona.

    É com o Costa Fascinosa, irmão gêmeo do Favolosa, no qual viajamos em 2013. Vamos embarcar no Recife e passar 6 dias sem ver terra até passear novamente por Las Palmas, uma ilha espanhola na costa da África. O valor de um refrigerante dentro do navio é de 4 euros, imagina quanto vai ser uma cerveja... vamos matar a saudade da gelada em Las Palmas! Depois de mais alguns dias de navegação desembarcaremos em Barcelona e de lá voaremos para a Hungria.

    Budapeste passou alguns anos na lista das cidades “a visitar”, a expectativa dela ser uma cidade menos cara se confirma durante a seleção da hospedagem, o valor dos hotéis de mesma categoria chega a ser um terço dos valores holandeses.

    Em Abril a temperatura em Budapeste deve ficar entre 17° e 8° Celsius, bom para um chimarrão.

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2024

atualização NORUEGA DISTANTE

ORIGINAL

    No verão brasileiro os cruzeiros temáticos ‘Réveillon em Alto Mar’ aconteceu no navio MSC Preziosa, a mesma embarcação que recebeu o ‘Ney em Alto Mar’, kkk!

    Depois de muita pesquisa fechei o voo para a Europa com a Latam, a mesma companhia que nos levou ao Chile. Minha expectativa de que os preços melhorariam com o tempo acabou não se confirmando. Vamos para Berlim, o preço que fechei foi o mesmo que vi seis meses antes. A “novidade” é a               Lufthansa, faremos um trecho com esta mítica companhia.

    A Latam fez como a Copa e me ofereceu a possibilidade de comprar upgrades de conforto nos voos. Dei lances nos trechos entre o RS e SP, no trecho grande de SP para Alemanha o lance mínimo era de quatro mil reais, bem fora da realidade.

    Resolvemos em família que vamos de trem para a Holanda. Reservamos um hotel perto do aeroporto de Berlim, já que chegamos à noite e no outro dia já seguiremos nossa jornada. Selecionei a cidade de Colônia para ser nossa parada intermediária, passaremos dois dias lá onde está a catedral que abriga os restos mortais dos “três reis magos”.

    Segui com as minhas pesquisas. Tudo muito caro em Amsterdam, esta hospedagem vai conquistar o título de “a mais cara da nossa história”. Em contraste a isso localizei uma oferta de travessia Brasil-Europa, em navio de cruzeiro, por um valor que eu não via há pelo menos cinco anos.

 

    Resumindo: o valor de dois dias de hospedagem em Amsterdam para nós três é similar ao valor para a travessia de uma pessoa. Vou escrever um capítulo, ”a travessia“, mais adiante. 

    A  última hospedagem que reservamos foi um apartamento em Berlim onde passaremos 5 noites antes de voltar o Brasil. Na primeira tentativa ocorreu um problema com meu cartão de débito, era carnaval, bancos fechados, uns dias se passaram e tudo foi resolvido. Esta hospedagem exigiu uma cópia do meu passaporte e uma foto selfie. Depois disso recebi um e-mail apavorante:

“Os nossos limehomes dispõem de um sistema de acesso digital fácil de utilizar. Uma vez que não dispomos de uma receção, propomos um self check-in.

Podes aceder à tua suite no dia da chegada, a qualquer momento após 15:00 da tarde, utilizando um código pessoal. Um sistema de acesso eletrónico está situado junto à porta. Podes obter o teu código de entrada no dia da chegada entre as 14h00 e as 15h00”

    Neste horário deveremos estar no trem entre Hamburgo e Berlim, entrei em contato com eles e me tranquilizaram:

“Olá,  obrigado pela mensagem.

Sim, podes fazer check in depois das 15h.

Atenciosamente,

Weverton limehome”

 

    A MSC também mandou notícias faltando menos de 3 meses para o embarque. Eu agora estou na categoria GOLD do seu programa de fidelidade. Também ofertaram upgrade de cabine, como fizeram no cruzeiro anterior, só que desta vez com valores bem mais palatáveis:


    Dei um lance na “Varanda Deluxe”, que é bem maior, as demais só agregam a janela que mais atrapalha do que ajuda.


quarta-feira, 13 de dezembro de 2023

relato MSC LIRICA em ITAJAI 2023

    Funcionou muito bem o agendamento do horário para embarque no Navio. Chegamos no horário agendado avião pequenas filas de algumas dezenas de pessoas por duas vezes nos chamaram para adiantar a fila. Do Porto tinha um ônibus com ar-condicionado até a porta do navio, estava fazendo 39°. Não usei meu cartão de débito, Nomad a máquina da MSC queria um depósito mínimo de US$ 50 e se sobrasse, devolveria o valor no dia do desembarque. Não queria ter que me preocupar com isso, registrei o cartão de crédito velho de guerra mesmo.


AD: Ei, que tal ter uma conta global 100% digital e sem taxa de abertura? Conheça a Nomad! Viaje, compre e economize no exterior de forma fácil e segura. 

Abra agora a sua conta usando meu código de convidado KM2HNCLNAA e ganhe até US$ 20 de cashback na primeira conversão de reais para dólares pelo app. 

Baixe o app pelo link: https://nomad.onelink.me/wIQT/ConviteNomad 


    Fomos até a cabine trocamos de roupas e fomos ao buffet de almoço. Muitas e boas opções estavam à nossa disposição.


    Os celulares ficaram na cabine porque estava sem bateria. Depois voltamos para resgata-los e usar os últimos momentos de conexão 4G brasileira para usar a internet.

    Estranhamentos da cabine: não há cofre e não há tomada para o barbeador elétrico. A TV tem muitos canais parece até TV a cabo.

    O mar estava bem agitado e o navio está balançando bastante. Encontramos áreas, para o café da manhã com menos filas. Da mesma maneira nos organizamos para almoçar  com tranquilidade.


    Preços das bebidas: US$ 4 por um refrigerante e US$ 26 por uma garrafa de vinho.

    O primeiro show foi maravilhoso, canções clássicas da Broadway muito bem interpretadas. Valeu muito a pena. O teatro é bem diferente, menor do que o normal, aliás o Lirica é todo menor.

    O ar-condicionado poderoso, todas as áreas do navio muito bem refrigeradas.

    No dia da parada em Punta del Este não funcionou o café da manhã na cabine. A MSC disse que “alguém deve ter retirado nosso pedido antes deles”, pode até ser, mas é bem estranho.

    A lancha também apresentou problemas, levou muito tempo no trajeto e balançou loucamente.  O problema parecia no motor, alguns passageiros disseram que foi no leme, não sabemos.

    Caminhamos até os dedos na praia, usamos a internet da rodoviária e fizemos câmbio para as compras.

    Voltamos para o navio, dia de buscar os passaportes e fazer as malas. Ficamos matando tempo no café da manhã do 12º andar, que é tranquilo e tem muito espaço.

    O desembarque em Buenos Aires foi confuso, fila na saída do navio, fila para pegar os ônibus, fila para sair do porto.     O desembarque em Buenos Aires foi confuso, fila na saída do navio, fila para pegar os ônibus, fila para sair do porto. Não conseguimos internet para chamar um Uber então saímos caminhando do porto.

    Depois de muitas quadras e sem nenhuma perspectiva fui negociar com um taxista para usar meus reais. Ele topou por 50 nos levou até o hotel, que ficava na fronteira entre o Puerto Madero e San Telmo.

    O hotel não nos entregou o quarto até as 15:00, ficamos no lobby usando a internet, eu saí algumas vezes para caminhar e reconhecer as proximidades. Da segunda voltinha comprei um refrigerante por US$ 1, o mercado não aceitava cartão, somente pesos, usei meus olhos azuis para comprar em dólares.

    Depois que nos instalamos saímos para passear, na primeira parada procuramos a cerveja argentina e não encontramos, bebemos nossa querida Stella Artois. Usei meu cartão Nomad pela primeira vez, a conta paga em dólares saiu pela metade do preço caso eu usasse reais, passei a usar o débito sempre que possível.

    Alimentados, caminhamos até a Casa Rosada, como estava chovendo voltamos para o hotel. No caminho compramos cervejas para abastecer o frigobar, novamente nada da Quilmes.

    Depois do café da manhã fomos até o MALBA, museu de artes de Buenos Aires, nosso objetivo era ver o quadro Abaporu da Tarcila do Amaral.


AD: Ei, que tal ter uma conta global 100% digital e sem taxa de abertura? Conheça a Nomad! Viaje, compre e economize no exterior de forma fácil e segura. 

Abra agora a sua conta usando meu código de convidado KM2HNCLNAA e ganhe até US$ 20 de cashback na primeira conversão de reais para dólares pelo app. 

Baixe o app pelo link: https://nomad.onelink.me/wIQT/ConviteNomad 

Usei o NOMAD nestes 2 pagamentos, boa taxa de câmbio de dólares para pesos.